sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

10 maneiras de destruir o mundo: filmes e profecias sobre o fim da vida na terra

Se você está lendo esta postagem parabéns pra gente! Isso significa que o mundo ainda não acabou. Mas não é de hoje essa fixação de que o planeta terá seu fim eminente. Lá em 1910 o The New York Times espalhou que todo mundo ia morrer com o gás mortal contido na calda do cometa Halley (a terra passaria por ele). Maaas o planeta e os seres humanos sobreviveram (aêêêêê...ê). Já em 82 o televangelista Pat Robertson garantiu que até o final do ano haveria de chegar o juízo final. Bem, ainda estamos aqui. E além da ideia generalizada que ninguém sabe muito bem de onde veio que o mundo ia acabar no ano 2000. E, advinha? Ainda estamos aqui! Só pra fechar teve uma profecia esse ano, mas pra essa ninguém deu muita atenção, por que a essa altura os maias (não confundir com a novela, rs) já eram mais populares. Lembra dos evangélicos que disseram que o mundo ia acabar dia 21 de maio? Eu recebi um jornalzinho avisando dois antes.

O fato é que a ideia de estourar o planeta (ou só matar todos os seres humanos mesmo)  tem dado corda pra imaginação solta de muita, e alguns desses tem criatividade (e dinheiro) o suficiente para transformar suas teorias conspiratórias em filme! Aí vão alguns dos filmes onde a cabeça de alguns viu o mundo se acabando.

O Dia Depois de Amanhã
  Esse é um dos primeiros filmes que vem à mente quando a gente pensa em fim do mundo. Neste caso são as alterações climáticas que trazem 'O Dia' e a Terra mergulha numa nova era glacial. Mas ai o paleoclimatologista (alguém aí consegue pronunciar isso?) Jack Hall faz o caminho inverso da maioria dos seres humanos, que migram para para o sul, e vai Nova York em busca do filho que ele acredita estar vivo. Bem, o filme é de 2004, então as pessoas ainda fingiam se preocupar com as mudanças globais no clima... Hoje não mais. E, embora eu tenha dormido das três primeiras vezes que vi esse filme na quarta tentativa eu vi que ele é bom.

Guerra dos Mundos
Eu só não vou dizer que esse é o fim do mundo mais frustrante do cinema por que 'O dia em que a Terra parou' também tá na lista. O filme é até bom. Tem um começo intrigante, ação, suspense, aventura, mas..... O que é aquele final??? Quando você ta todo animado pensa "agora começou a guerra", se ajeita todo no sofá... Acaba.(Juro que não rola spoiler) Pelo menos eu e e as pessoas que viram comigo ficamos com cara de "comoassim?" é um final abrupto e totalmente desconexo (que Os Vingadores meio que copiou, mas lá faz um pouco mais de sentido). Mas fora minha revolta com o final o filme é bom (e o Tom tá lindo).


O Dia em Que a Terra Parou
Esse sim é o filme mais frustrante que existe sobre o fim do mundo. Se o Raulzito estivesse vivo eu acho que ele ia lá em Holywood reclamar pessoalmente um esculhambação dessas. No começo você fica até empolgado (o que torna o filme ainda mais desapontador) ai vai acontecendo... nada! Passa o filme todo e nadaacontece. Não tem clímax, não tem fim, tem nada! E nesse momento a única coisa que fica na minha mente é: por que o Keanu Reeves (que tava tão bem com a trilogia Matrix no currículo) se propôs a isso?


Presságio
Ok, vamos começar a sessão 'filmes que ainda não vi'? Eu vi o trailer, vi um ou dois pedaços, mas sentar pra ver o filme que é bom ainda não rolou. De qualquer maneira eu conheço e é sobre o fim do mundo: vai pra lista. Mas vamos a história. Em 1959 algumas crianças fizeram desenhos de como elas imaginavam que seria o futuro, os desenhos seriam abertos 50 anos depois. Mas aí alguma criança com sérios problemas, resolveu não desenhar um planeta azul com vários seres humanos diferentes de mãos dadas, mas sim uma sequência numérica que, depois de uma conta muito louca que o personagem do Nicolas Cage fez, revelava as datas das maiores tragédias da humanidade. Mas e aí quando os números acabassem? Recuperei a vontade de assistir. Por hora fiquem com o trailer.

2012
Ok, terminada a sessão 'filmes que eu nunca vi' (sim, eu criei uma sessão de um filme só, por que eu eu sou isso), vamos a um que metade do mundo já viu. Os brasileiros então, só coma cena do Cristo Redentor desmoronando já esperavam o filme desde que estava sendo gravado (embora eu, pessoalmente, prefira a cena do Vaticano). Com suas referências ao calendário Maia o filme meio que retrata os últimos momentos da Terra. E, embora a NASA o tenha classificado com um dos filmes mais absurdos já feitos, ele foi sucesso de bilheteria e uma febre no mundo inteiro super efeitos especiais.


Alias, para ver mais profecias fracassadas clica aqui



Atualização de 30/set de 2016: O mundo não acabou, mas parece que o blog sim, né? 
Relaxa... we will be back... 
*agora imagine isso sendo dito pelo Arnold Schwarzenegger*

Nenhum comentário:

Postar um comentário