quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Resenha: Marley & Eu.

Eu fiquei pensando por dias sobre o que eu iria dizer desse livro e agora mesmo aqui escrevendo nada me vem à cabeça, não que o livro não seja bom, ao contrário posso dizer que é um dos melhores livros que eu já li em toda minha vida.
E vale ressaltar que eu já li muito muito livro, e que eu tenho que fazer mais resenhas.
Enfim, o que chamou minha atenção, não foram suas palavras extraordinárias ou textos complexos, muito menos a sua fama, o que me encantou foi à simplicidade da história.
O que pra mim é algo super fantástico já que tenho uma longa jornada com ele, acho que desde os meus alguns anos venho tentado ler esse livro e sempre tem algo que me impeça, ou a falta dele na livraria, ou a falta dele no sebo, ou a falta dele em qualquer lugar.
Pra acabar um pouco a minha angustia acabei assistindo o filme, daí já sabe alegria alegria alegria e choro muito choro no fim, animais sempre me transmitem um sentimento a qual não consigo explicar. Mas mesmo assim ficou aquele desejo de “Nossa, se o filme é bom, o livro deve ser extraordinário", dito e feito.
Mais não foi tão rápido assim para o dito ser feito, se passaram anos até que então eu comprei o livro no ano passado, em uma jogada de mestre, mais nem tudo é um mar de rosas e com toda essa minha vida de pessoa mega ocupada, só o li mês passado eu acho, ou algo parecido.
Pra falar a verdade comecei a ler sem muita vontade, depois de tanto tempo, mais ao abrir o livro eu me deparo com as fotos do Marley, e eu quis ler ele de novo mais do que nunca, e a cada letra, silaba, palavra, frase e folha, os meus olhos só devoram mais e mais aquelas pequenas perolas da vida de um cãozinho, quando dei por mim já estava chorando e quase no final do livro, tive que parar de ler, porque as lagrimas embaçaram os meus óculos, fazer o que? E devo admitir que fiz inúmeras tentativas até conseguir de fato acabar o livro e ficar sem palavras com a sua história, tão simples, mais ao mesmo tempo tão essencial.
Recomendo este livro como nunca recomendei nenhum outro, vocês podem até estar pensando que eu sou sentimental e tal e coisa e coisa e tal, mais acreditem eu não sou.
Garanto que vão se surpreender com as histórias da família Grogan, que os seus sentimentos irão à tona, que suas gargantas irão entalar, engoliram seco e lágrimas transbordaram igualzinho ao que aconteceu comigo.
Acabei falando demais, mais creio que consegui passar a mensagem.

2 comentários:

  1. Concordo com tudo que você disse! Faço da sua resenha a minha. Eu leria esse livro mil vezes, se o tivesse aqui. É muito bom! Beso, Marizita ;*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu comprei o meu em um sebo! Foi bem baratinho corre lá e pega um pra você! Beijo!

      Excluir